As melhores histórias de terror engraçadas para crianças

O hábito de ler ou contar histórias para uma criança é muito importante para ajudar em seu desenvolvimento pois desperta sua curiosidade para explorar e entender o mundo ao seu redor. Geralmente, as crianças gostam de ouvir histórias antes de dormir e existem vários gêneros que elas podem ter mais familiaridade – alguns preferem histórias de terror, de aventura, de ação, de contos de fadas, entre outros.

A literatura infantil é muito rica e favorece o crescimento e a formação da criança. Para isso, é importante que você tenha vários livros e histórias sempre à disposição da criançada como incentivo para que possam despertar a criatividade infantil e o prazer pela leitura cada vez mais.

Separamos neste post 4 histórias de terror engraçadas que vão garantir várias gargalhadas e momentos divertidos com seus filhos. Fique tranquila, pois são histórias de terror para crianças e são livres de enredos terríveis. Afinal, a leitura é um ótimo meio para estimular crianças agitadas. O objetivo aqui é a diversão dos pequenos sem deixá-los traumatizados com assombrações mais pesadas.

1. O Bicho Papão – História Popular

Esta é uma ótima história infantil de terror e que toda criança já ouviu ou vai ouvir. Trata-se de uma história de uma criatura com a aparência muito assombrosa que realiza visitas a crianças que são desobedientes a seus pais.

De acordo com a lenda, o bicho papão entra no quarto da criança desobediente e se esconde dentro do guarda-roupas, nas gavetas ou até mesmo embaixo da cama. Então captura as crianças e as coloca em um saco que leva consigo e nunca mais traz de volta.

Alguns contam que o bicho papão devora as crianças, outros costumam dizer que ele as usa para fazer sabão. Ainda é dito que, se as crianças pedirem desculpas aos seus pais após desobedecer, a visita do bicho papão durante a noite não acontece – o nível de susto vai do gosto de cada pai de acordo com os filhos.

Crianças sentadas em sofá com cara de espanto

É uma ótima história para contar a crianças que não obedecem seus pais – seu método de contar a história varia de qual o seu intuito, se é para divertir as crianças ou assustá-las para que passem a obedecer os pedidos de adultos.

2. O Grúfalo – Julia Donaldson

A história do Grúfalo conta sobre a vida de um ratinho que vive longe da floresta e é constantemente perseguido por alguns predadores. Enquanto caminha pela floresta, ele encontra vários animais que o convidam para comer em suas casas.

Como o ratinho é muito esperto, recusa os pedidos para não virar refeição. Então, ele começa a contar a todos que está indo comer na casa de seu amigo Grúfalo e que não poderia ficar para comer por ali.

Curiosos para saber quem é esse Grúfalo, o ratinho responde falando de suas características físicas assustadoras. O que mais assusta os outros animais é quando o ratinho fala que eles são o prato favorito do Grúfalo, assim eles fogem assustados e o ratinho se diverte sabendo que o tal Grúfalo não existe.

Até o momento em que o ratinho encontra um Grúfalo de verdade que diz que seu prato favorito é rato! Então o ratinho precisa bolar um plano para não ser comido pelo grandalhão.

É uma excelente história em que o personagem ratinho precisa usar sua inteligência, imaginação e criatividade para conseguir se safar de outros animais que desejam o devorar.

3. Era uma vez uma bruxa – Lia Zats

Este livro conta a história de Meleca, uma bruxa muito simpática e que adorava sujeira e lixo. Ela morava em uma linda floresta com pássaros canoros e cachoeira cristalina, mas não estava contente naquele lugar e então resolveu se mudar para uma cidade cheia de prédios, carros e movimento.

Menina fantasiada de bruxa

A mudança de ambiente foi muito forte para a bruxa, que não estava acostumada com o ritmo da nova cidade, e ela passou a sofrer com as pessoas que por lá encontrava.

Até que encontrou algumas crianças que queriam ouvir histórias de terror, mas nenhuma das histórias da bruxa era capaz de assustar as crianças – pelo contrário, as fazia rir cada vez mais. A bruxa ficou tão irritada com isso que decide preparar uma grande feitiçaria para se vingar.

Mas as crianças interferem em seu feitiço e o resultado disso a faz parar no hospital. Isso muda totalmente a história da bruxa que decide abandonar novamente a cidade e mudar de vida.

É uma ótima história infantil para introduzir gêneros mais assustadores às crianças de forma divertida. O livro também conta com linguagem visual enquanto narra a história que incentiva ainda mais as crianças a manterem o foco na história.

4. Folclore Brasileiro

Outras histórias que também podem ser contadas para divertir a criançada são as lendas do folclore brasileiro. É uma ótima maneira de garantir diversão aos pequenos e ainda passar a cultura nacional a eles.

Existem vários livros infantis que contam as histórias de personagens como a Cuca, o Saci-Pererê, a Mula-sem-Cabeça, o Curupira, o Boitatá, a Iara, o Negrinho do Pastoreio e o Boto cor de rosa. Todos são personagens de histórias assustadoras mas divertidas que os pequenos vão adorar!

Meninas fantasiadas e assustadas em festa de haloween

Também existem as histórias do Sítio do Picapau Amarelo de Monteiro Lobato, em que são retratados de forma muito divertida os personagens do folclore. A obra é referência de literatura infantil e é essencial para que todas as crianças tenham uma boa formação.

O que achou desse post? Esperamos que tenha gostado! São ótimas histórias curtas que podem ser contadas tanto em casa como em escolas. Não se esqueça de comentar aqui o que você achou das histórias de terror para crianças que foram indicadas.

Aproveite a leitura para conferir nosso post sobre como fazer fantoches de maneira simples e fácil e incremente suas histórias com ainda mais diversão para a criançada. Obrigado e até a próxima!

Deixe um comentário